MUNICÍPIO DE VILA REAL APOSTA NA SEGURANÇA DOS UTILIZADORES DE ESPAÇOS DESPORTIVOS E EDUCATIVOS 

Dando continuidade ao Programa Municipal de Desfibrilhação Automática Externa, iniciado em 2016, e que levou à aquisição e colocação de aparelhos DAE no Pavilhão dos Desportos de Vila Real e nas Piscinas Municipais, o município adquiriu mais 11 destes dispositivos para os espaços desportivos dos centros escolares, escolas preparatórias e secundárias do concelho. No âmbito desta aquisição, dando cumprimento às normas legais vigentes, a Câmara Municipal procedeu ainda à formação de dezenas de colaboradores dos vários estabelecimentos educativos, habilitando-os a manusear este tipo de equipamento. 

Numa visita à Escola Secundária de São Pedro, a primeira a ver o processo de homologação obrigatório pelo INEM concluído, o Vice-Presidente e Vereador do Pelouro da Educação, Alexandre Favaios, reconhecendo o facto de o município estar a ir muito além do que a legislação aplicável nesta matéria exige, sublinhou que a decisão deste alargamento do programa se prendeu com a necessidade de garantir as melhores condições de segurança de todos os utilizadores destes espaços onde, pela natureza da sua atividade, poderá haver uma maior probabilidade de existência de uma paragem cardiorrespiratória, sendo a utilização dos aparelhos DAE nos primeiros 9 minutos determinante para a sobrevivência do paciente. 

A autarquia estima que no próximo mês possa estar concluído todo o processo de instalação e respetiva homologação dos restantes 10 desfibrilhadores automáticos externos, assim como a formação dos funcionários que ficarão responsáveis pelo seu manuseamento. A formação contínua destes colaboradores é outra das prioridades do município por forma a garantir que em situações de emergência a ação de socorro seja imediata. 

Rita Mendes, Diretora da Escola Secundária de São Pedro, referiu que dotar as escolas deste equipamento é reforçar a segurança, salientando que neste momento a escola está mais preparada para, numa situação de paragem cardiorrespiratória, poder acudir aos 1078 alunos que frequentam aquele estabelecimento de educação e ensino e aos mais de 150 funcionários, professores e assistentes técnicos e operacionais que ali trabalham. 

Os estabelecimentos de educação e ensino abrangidos por esta iniciativa são o Centro Escolar Abade de Mouçós, Centro Escolar das Árvores, Centro Escolar da Araucária, Centro Escolar do Bairro de São Vicente Paula nº2, Centro Escolar do Douro, Centro Escolar de Lordelo, Pavilhão da Escola Secundária Morgado de Mateus, Pavilhão da Escola Monsenhor Jerónimo de Amaral, Pavilhões da Escola Secundária de São Pedro, Escola Secundária Camilo Castelo Branco, Escola EB2,3 Diogo Cão. 

MUNICÍPIO DE VILA REAL PROMOVE SEMINÁRIO CIDADE VS MOBILIDADE E SEGURANÇA RODOVIÁRIA 

No próximo dia 21 de novembro, como forma de assinalar o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, o município de Vila Real vai realizar o Seminário Cidade Vs Mobilidade e Segurança Rodoviária, promovido no âmbito da iniciativa VILA REAL TALKS. Com este evento a autarquia pretende fomentar o debate sobre o futuro da mobilidade urbana e a necessidade de garantir a segurança nas estradas.  

Este seminário, que se realizará no Teatro Municipal de Vila Real, contará com a participação de reputados especialistas e investigadores que irão partilhar com a audiência a sua visão sobre as diferentes problemáticas que estarão em destaque nos três painéis temáticos a serem apresentados: Sinistralidade Rodoviária: Causas e Consequências; Cidades para as Pessoas e o Futuro da Mobilidade. 

PROGRAMA 

Bilhete gratuito para acompanhante de pessoa com deficiência

A partir de 15 de novembro, o Teatro Municipal de Vila Real passará a disponibilizar bilhete gratuito para acompanhante de pessoa com deficiência. Procura-se desta forma reforçar uma política de bilheteira que tem em conta a inclusão social e fomentar hábitos culturais da população, eliminando uma barreira no direito à fruição cultural das pessoas com deficiência.

Recorde-se que o Município de Vila Real tem promovido uma política de ingressos de baixo preço para acesso aos espectáculos do Teatro Municipal, estando também em vigor medidas que facilitam o acesso de agentes culturais, pessoas desempregadas, estudantes e titulares do cartão Família Numerosa. Paralelamente, está disponível para aquisição por baixo custo o Cartão do Teatro, particularmente favorável para espectadores frequentes, que permite descontos de 50% na quase totalidade dos espectáculos.

MUNICÍPIO DE VILA REAL ADERIU À INICIATIVA “A TERRA TREME” 

No dia 9 de novembro, pelas 11h09, o município de Vila Real, através do Serviço Municipal de Proteção Civil e em estreita articulação com a ANEPC, aderiu à iniciativa A TERRA TREME, com a realização do exercício de sensibilização para o risco sísmico no Centro Escolar de Lordelo.  

Participaram nesta simulação, que contou com a presença do Vice-Presidente e Vereador do Pelouro da Educação, Alexandre Favaios, cerca de 300 pessoas, entre crianças, professores e pessoal auxiliar. Esta atividade contou ainda com a colaboração dos Bombeiros Voluntários da Cruz Branca.  

No decorrer do exercício, que teve a duração de 1 minuto, os participantes foram convidados a executar os 3 gestos que salvam: BAIXAR, PROTEGER E AGUARDAR.   

Muitas zonas do globo são propensas a sismos e Portugal é um território com zonas particularmente sensíveis a este risco pelo que esta iniciativa da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil pretende chamar a atenção para a importância de comportamentos simples que os cidadãos devem adotar em caso de sismo e que podem salvar vidas. Neste sentido, é fundamental dar a conhecer os procedimentos que devem ser seguidos antes, durante e depois de um sismo.  

PROGRAMA BILA SENIOR REGRESSA COM NOVIDADES 

O município de Vila Real retomou, no dia 24 de outubro, as atividades do projeto Bila Sénior. Esta iniciativa conta com a adesão das 20 freguesias, parceria indispensável para o êxito deste projeto, garantindo desta forma a cobertura de todo o território do concelho sendo, por isso, um excelente meio de promoção da saúde física e mental dos seniores Vila-realenses.  

Alexandre Favaios, Vice-Presidente e Vereador do Pelouro do Desporto, sublinhou a importância deste programa municipal, cujo objetivo é promover hábitos saudáveis junto da população com mais de 55 anos, com vista a aumentar a sua qualidade de vida e a reduzir a dependência dos serviços de saúde.  

De modo a percecionar os benefícios que a atividade física proporciona em todos os participantes e com vista à melhoria constante do projeto, a autarquia associou-se ao Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD) da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que vai aplicar testes aos participantes de modo a quantificar as melhorias resultantes da frequência deste programa de exercício físico. Vão ser aplicados testes físicos, avaliações da qualidade de vida, avaliações da qualidade de sono e avaliações da dependência dos serviços de saúde.  

No âmbito deste programa, o município disponibiliza semanalmente duas aulas de 45 minutos de atividade física em cada freguesia do concelho, promovendo a melhoria da saúde, do bem-estar físico e psicossocial dos participantes. A aposta contínua neste projeto tem por base a pretensão de não se querer só dar anos à vida, mas vida aos anos. 

Contactos
   259308100

  geral@cm-vilareal.pt

   Avenida Carvalho Araújo
     5000-657 Vila Real
Aplicação do Município
A nossa aplicação está disponível para IOS e ANDROID
Informações